RECOMENDAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO COM TIJOLO DE ADOBE A PARTIR DA ANÁLISE DA NORMA NTE E.080:2000 DO PERU E DA TÉCNICA UTILIZADA ATUALMENTE EM CONSTRUÇÕES NO ESTADO DA BAHIA

Ano: 
2013
Autor: 
Orientador: 
Co-orientador: 
Resumo: 
Os recursos naturais estão se esgotando, como consequência das graves agressões ao meio ambiente. A busca por soluções que possam promover a preservação ambiental é um grande desafio a ser enfrentado. Utilizar materiais de construção sustentáveis, ao invés dos industrializados, é uma maneira de reduzir os danos ambientais. Um tipo de material construtivo adequado à autoconstrução, que gera menos resíduos e pode minimizar os efeitos do uso desenfreado e abusivo dos recursos naturais, é a terra. O tijolo de adobe feito de terra crua pode, se utilizado em larga escala, contribuir para o desenvolvimento sustentável na construção civil. O objetivo desta pesquisa é elaborar recomendações para a construção que utiliza o tijolo de adobe como material construtivo, tomando como base as recomendações da norma NTE E.080:2000 – Adobe, do Peru, baseando-se também na técnica adotada por construtores que utilizam este material no estado da Bahia. A estratégia de pesquisa é o levantamento de dados a partir do estudo de campo realizado em cidades da Bahia. Inicialmente, são apresentadas a técnica construtiva que utiliza tijolo de adobe, com as etapas para a sua fabricação, e a norma peruana utilizada no estudo. Em seguida, são analisados os processos construtivos adotados pelos construtores baianos, em comparação com o que preconiza a norma do Peru e com o que indica a bibliografia a respeito do tema, bem como a situação atual destas obras. Por fim, são feitas as recomendações para a construção com tijolo de adobe, a fim de garantir proteção e conservação eficientes à alvenaria executada com este material que propicie segurança e durabilidade às edificações.
Palavras chave: 
Tijolo de Adobe.
Autoconstrução.
Desenvolvimento Sustentável.