PROPOSTA DE UM MÉTODO PARA ESTIMAÇÃO DE ESCOLHA MODAL ATRAVÉS DA GEOESTATÍSTICA

Ano: 
2013
Autor: 
Orientador: 
Co-orientador: 
Resumo: 
O presente trabalho pretende propor um método para estimação, através de geoestatística, da probabilidade da escolha dos modos de transporte particular motorizado, público e não motorizado, tanto em coordenadas conhecidas, quanto em coordenadas desconhecidas. Inicialmente foi aplicada a técnica de Árvore de Decisão (AD), com a finalidade de determinar quais as variáveis socioeconômicas dos usuários, de viagens e do sistema de transporte, que possivelmente influenciam a escolha modal e estimar a probabilidade de escolha do modo em domicílios pesquisados. A aplicação da técnica de Análise Espacial de dados (geoestatística – krigagem ordinária) é realizada através das probabilidades de escolha modal obtidas pela AD, possibilitando a estimação das probabilidades da escolha modal em domicílios não amostrados na pesquisa. Os dados utilizados foram da Pesquisa Origem-Destino e da Pesquisa de Opinião sobre avaliação do transporte público, realizadas conjuntamente em 2007/2008 na cidade de São Carlos (SP). Neste trabalho, foi utilizada uma amostra desagregada de 1.216 domicílios georreferenciados, com 22 variáveis qualitativas e 4 quantitativas. Através da krigagem, foi possível estimar a probabilidade de escolha do modo em até 5.048 mil novas células desconhecidas. Os resultados da validação cruzada foram razoáveis em termos de erros da estimação, no entanto não foram tão razoáveis quanto esperado, considerando coeficiente de correlação entre valores observados e estimados. Tais resultados de validação podem ser decorrentes de erros associados ao banco de dados, à modelagem de escolha modal e à ausência de padrão espacial das variáveis krigadas.
Palavras chave: 
geoestatística,
krigagem ordinária,
árvore de decisão,
escolha modal