INTERFERÊNCIA DA POLUIÇÃO VISUAL NA PERCEPÇÃO DO CENTRO TRADICIONAL DA CIDADE DE SALVADOR: DO FORTE DE SÃO PEDRO A PRAÇA CASTRO ALVES

Ano: 
2009
Autor: 
Orientador: 
Resumo: 
Ao percorrer a cidade do Salvador, nos deparamos com situações que, aparentemente, parecem ter um determinado significado, principalmente quanto à organização dos equipamentos no espaço e configuração da paisagem urbana. Em uma dessas situações, como se fosse um quadro pintado de forma seriada e aplicado diversas vezes em lugares da cidade, encontramos, em uma calçada no Centro, um conjunto composto dos seguintes elementos: banca de revista, tabuleiro de acarajé, telefone púbico e um ponto de ônibus cujos painéis de vidro são usados como vitrines de anúncios publicitários. Ao redor dessa cena, edifícios tiveram suas fachadas desfiguradas dos elementos arquitetônicos que lhes configuravam um estilo, agora, substituídas por letreiros gigantes de cores fortes, que determinam identidades de lojas. Como perceber essa paisagem, e transformá-la em lugar, se a sua leitura não é de fácil compreensão? No contexto urbano, os problemas ambientais têm crescido a passos largos e um dos principais motivos disto é a desorganização espacial e a falta de cuidado e atenção com a estética urbana. Esse trabalho buscou, através do olhar e da percepção dos citadinos, entender como a falta de organização dos elementos que compõem a paisagem urbana, podem favorecer a proliferação da poluição visual, assim como causar a falta de topofilia em relação a um lugar. O objetivo final dessa dissertação foi analisar como a poluição visual pode causar deficiência na leitura e apropriação daqueles espaços e, assim, contribuir com parâmetros de análise e soluções, que servirão à legislação municipal da cidade do Salvador. A área selecionada para estudo dessa pesquisa é o Centro da Cidade do Salvador ou Centro Tradicional, segundo o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU). Neste trabalho, é analisado o trecho entre o Forte de São Pedro e a Praça Castro Alves.
Palavras chave: 
Poluição visual.
Percepção ambiental.
Paisagem urbana.