INFLUÊNCIA DA ADIÇÃO DO RESÍDUO PROVENIENTE DO CORTE DE MÁRMORE E GRANITO (RCMG) NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSAS DE CIMENTO PORTLAND

Ano: 
2014
Orientador: 
Resumo: 
A construção civil é o principal consumidor de recursos naturais do planeta e um dos maiores desafios contemporâneos é conciliar esta demanda com o desenvolvimento sustentável. Portanto, a utilização de materiais alternativos pode contribuir para minimizar os impactos ambientais e, ainda, melhorar a qualidade dos materiais. Neste trabalho, avaliou-se o comportamento do resíduo de corte de mármore e granito (RCMG), quando adicionado às argamassas comuns de cimento Portland, mistas (cimento e cal) e industrializadas, nos teores de 5% 10% e 15% em relação à massa de cimento. Como parâmetro, foi fixada a relação água/cimento em 0,59 e as argamassas foram analisadas nos estados fresco, endurecido e aplicado, assim como a durabilidade dessas. No primeiro, foram determinados: a densidade de massa, o teor de ar incorporado, a retenção de água e as propriedades reológicas foram avaliadas por meio dos ensaios de abatimento de tronco de cone (flow table), squeeze-flow e reometria. No estado endurecido, foram realizados ensaios para a determinação das propriedades mecânicas (resistência à tração na flexão, à compressão axial e à tração por compressão diametral) e físicas (absorção de água por capilaridade, absorção de água, índice de vazios, massa específica e velocidade de propagação de onda ultrassônica). No estado aplicado, foram realizados ensaios aos 28 dias, de acordo com a normalização nacional, para determinação da dureza superficial por meio do esclerômetro de reflexão, além da resistência de aderência à tração e da absorção de água sob baixa pressão (pipeta de Kirsten). A durabilidade foi avaliada mediante os ensaios de expansibilidade de Le Chatelier e reatividade álcali-agregado (RAA). Os resultados obtidos indicaram que o melhor teor de adição para as argamassas simples e mistas foi de 10% de RCMG e para as argamassas industrializadas foi de 5% de RCMG, atestando que este pode ser utilizado como filler em matrizes cimentícias.
Palavras chave: 
Argamassa,
resíduo de corte de mármore e granito,
desempenho,
propriedades,
durabilidade.