A expansão urbana da Cidade de Ilhéus – Bahia e a ocupação dos manguezais: o caso do bairro

Ano: 
2008
Autor: 
Orientador: 
Resumo: 
No contexto urbano brasileiro, os problemas ambientais têm se avolumado e uma das principais causas é a expansão desordenada das cidades. A falta de uma política habitacional e muitos interesses (inclusive privados) acabam influenciando nas legislações de uso e ocupação do solo, contribuindo para a ocupação de áreas sem infraestrutura ou voltadas para a preservação. A crise da lavoura cacaueira e o desenvolvimento turístico e industrial foram determinantes para a expansão urbana de Ilhéus. O êxodo rural determinou a evasão de grande parte da população, que passou a ocupar, entre outros, encostas íngremes, manguezais, terrenos públicos destinados a futuras praças e ruas. Esse trabalho avaliou como se deu a expansão urbana de Ilhéus sobre suas áreas de mangue e, em particular, o bairro de São Domingos, bem como as conseqüências desta ocupação desordenada para a população e para o meio ambiente.
Palavras chave: 
Expansão Urbana
Manguezais
Ordenamento do Solo
Arquivo: