Avaliação dos equipamentos de proteção coletiva: plataforma de segurança e guarda-corpo e rodapé em canteiros de obra

Linha de Pesquisa: 
Ano: 
2012
Palavras chave: 
Guarda corpo e rodapé
plataforma de segurança
NR18

 

A segurança do trabalho em canteiros de obras no Brasil continua a demandar atenção da
indústria e do Estado. Estudos apontam que os acidentes de trabalho devido a quedas de
altura são os mais frequentes na construção civil. O presente trabalho de pesquisa tem por
objetivo diagnosticar as deficiências dos equipamentos de proteção coletiva, especificamente
em plataformas de segurança e guarde-corpo e rodapé, quanto às exigências prescritas na
NR 18. A investigação se deu por meio de levantamento de dados e observação de boas e más
práticas com a aplicação de questionário numa amostra de 25 canteiros de obras em
Salvador. A análise das informações foi feita através da tabulação dos dados e dos registros
fotográficos desses equipamentos de proteção coletiva nos canteiros. Os resultados indicam
que permanece ocorrendo elevado percentual de não conformidades com referência à NR 18,
e que as deficiências nos GcR e plataformas, em sua maioria, são devidas à falta de critérios
de projetos e de especificação da referida norma.