APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE RECIRCULAÇÃO DE CHORUME EM ATERROS TROPICAIS – ESTUDO DE CASO DO ATERRO SANITÁRIO METROPOLITANO CENTRO (ASMC).

Ano:
2014
Palavras chave:
Resumo:
Em Salvador, assim como em várias outras capitais brasileiras, os Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) são direcionados para aterros sanitários, onde sofrem um processo de degradação predominantemente anaeróbio ocasionando a geração de metano, dióxido de carbono, gás sulfídrico, amônia, e outros gases, além do chorume. Diversos estudos apontam que o processo de disposição do RSU aliado com recirculação do chorume mostra ser consideravelmente preferível ao processo convencional, visto que, incidindo a recirculação do percolado até a estabilização do mesmo, ocorre uma diminuição dos custos operacionais tornando, então, a técnica bastante atrativa. Desta forma, esta pesquisa busca a investigação da aplicabilidade da técnica de recirculação do chorume em um aterro sanitário situado em região de clima tropical, avaliando a sua capacidade de provocar uma aceleração da estabilização destes resíduos, e um acréscimo do volume de biogás gerado no aterro, e contribuir para amenizar a carência de estudos em grande escala ligados às técnicas de recirculação de chorume no Brasil. Assim, foram pesquisadas as interferências da ação da recirculação do chorume em uma macrocélula de disposição de RSU com idades de aterramento variando de 04 a 17 anos. Os parâmetros estudados estavam voltados para produção, pressão, composição do biogás gerado na macrocélula, bem como aspectos geotécnicos tais como recalques e deslocamentos horizontais, aceleração do processo de estabilização dos resíduos e ampliação das oportunidades comerciais para Aterro Sanitário Metropolitano Centro (ASMC). Apesar do curto horizonte estudado (aproximadamente 15 meses), foram evidenciados discretos benefícios da aplicação da técnica sob aspectos geotécnicos, todavia não foram registrados eventos que comprovassem a viabilidade da mesma na otimização de produção de biogás em células com RSU, já em estágio avançado de decomposição.