Apresentação de Seminário de Pesquisa: PROPOSTA DE SISTEMÁTICA INTEGRADA DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO BASEADO EM LOCALIZAÇÃO E LAST PLANNER SYSTEM COM USO DE BIM 4D

Local:
Sala de Defesa do PPEC no Conference Web

Data :
11/03/2020 - 10:00

Resumo:

O Planejamento e Controle da Produção (PCP) são essenciais para a manutenção de um fluxo contínuo de produção. No entanto, mesmo com uma sistemática de PCP definida, os projetos de construção civil encontram certa dificuldade em sua condução. Visando contribuir neste sentido, o Building Information Modeling (BIM) e a Construção Enxuta (CE) são dois paradigmas que estão contribuindo para a gestão dos canteiros de obra, conferindo melhorias para as sistemáticas de PCP. Além disso, evidências recentes apontam para o planejamento e controle da produção baseado em localização (LBP) como uma metodologia que melhor se adequa ao setor da construção. Portanto, o presente trabalho tem como objetivo propor uma sistemática para integração do Planejamento e Controle da Produção baseada em localização com uso do BIM 4D e práticas da construção enxuta. O trabalho foi desenvolvido com base na estratégia da Design Science Research, dividido nas seguintes etapas: (a) Revisão da literatura e compreensão do problema para entender sobre as temáticas relacionadas ao estudo e suas lacunas; (b) Sugestão, em que foi realizado o diagnóstico do processo de planejamento e controle da produção e proposta inicial da sistemática de PCP com uso de BIM 4D apoiado pela CE; (c) Desenvolvimento da proposta visando a aplicação da sistemática em dois estudos de caso para desenvolvimento e aperfeiçoamento do artefato; e (d) Avaliação da eficácia da interação entre o LBP, as funcionalidades BIM voltadas para PCP e os princípios da construção enxuta, considerando aspectos relacionados ao uso da tecnologia e da sistemática desenvolvida para implementação. Os dois estudos de caso serão em obras localizadas na cidade de Salvador – BA. A avaliação do artefato será baseada nos seguintes constructos: (a) Impacto na identificação e avalição do progresso da obra e no processo de planejamento; (b) Transparência no processo; (c) Facilidade de adoção; (d) Utilidade da sistemática proposta; e (e) Colaboração. Os dados para tal avaliação serão originados, dentre outras fontes de evidências, de entrevistas semiestruturadas, observação participante e produtos gerados. Os resultados esperados são referentes a identificação de novas evidências das interações entre o BIM e a CE, da efetividade das práticas de BIM e CE propostas em conjunto no estudo, aumento da aderência entre o que foi planejando e o executado, além do desenvolvimento da colaboração entre os participantes do estudo, estimulando a participação de todos os envolvidos e uma sistemática bem definida para o planejamento, monitoramento e controle do progresso de obras com auxílio de modelos BIM 4D.