Apresentação de Seminário de Pesquisa: METODOLOGIA PARA AVALIAÇÃO E REDUÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS CAUSADOS PELA EMISSÃO DE MATERIAL PARTICULADO DE CANTEIROS DE OBRAS HABITACIONAIS COM FOCO NO IMPACTO À VIZINHANÇA

Local:
Sala do DCE

Data :
08/30/2013 - 14:00

Resumo:

Os impactos ambientais causados pela construção civil são os que mais causam danos à saúde do planeta (CHENG; CHIANG; TANG, 2005). Dentre as poluições que a construção civil emite destaca-se a emissão de Material Particulado (MP), responsável por problemas que afetam o meio físico, o biótico e o antrópico. Para assegurar a poluição de MP em menores proporções, faz-se necessário que as construções gerenciem adequadamente sua emissão, identificando seus riscos, as atividades emissoras e as ferramentas de prevenção, controle e monitoramento; desde a etapa inicial do projeto até a conclusão e entrega da edificação. Entretanto, no Brasil, não se tem conhecimento de trabalhos que abordem e que tratem de medições destas emissões de MP em canteiros de obras habitacionais em suas diferentes fases, com foco de estudo na vizinhança, levantando dados quantitativos e qualitativos acerca das interferências locais ocasionadas por esse MP. Este trabalho propõe avaliar a emissão de MP em diferentes fases de atividades dos canteiros de obra, prioritariamente em edificações habitacionais com foco no impacto à vizinhança, e, seus objetivos secundários são propor uma metodologia para avaliar a emissão de MP em diferentes fases de atividades dos canteiros de obra, além de identificar e caracterizar as principais atividades emissoras e os diferentes tipos de particulados, de modo a caracterizar as concentrações de MP nos canteiros de obra em suas diferentes fases. A estratégia de pesquisa adotada é o experimento, que consiste em um procedimento planejado, partindo de um problema e hipóteses, que visa provocar fenômenos em condições controladas, observar e analisar seus resultados (SOUZA et.al, 2002; NETO; SCARMINIO; BRUNS, 2002). Como resultados parciais tem-se o experimento piloto, em andamento, cujo objetivo principal é a validar a metodologia, e, por conseguinte, promover seus ajustes para a próxima etapa dos experimentos. Como resultado final, pretende-se determinar a contribuição da poluição atmosférica por emissão de particulados em cada fase da construção, possibilitando aplicar medidas que possam mitigá-las.