Apresentação de Seminário de Pesquisa: MÉTODO PARA IDENTIFICAÇÃO DE MELHORIAS NOS FLUXOS FÍSICOS VISANDO A REDUÇÃO DAS PERDAS POR TRANSPORTE

Local:
Sala de Reunião do DCE

Data :
07/28/2014 - 08:00

Resumo:

A questão crucial da construção enxuta é eliminação das perdas nos fluxos, para tanto diversos autores apontam que o fluxo seja medido em termos de suas perdas internas (atividades que não agregam valor, quais sejam transportes, estoques e inspeção). Dentre as atividades que não agregam valor, o transporte é uma das atividades que mais absorve recurso e não agrega valor, apesar do reconhecimento de que nem todos os transportes são considerados perdas. Embora esta categoria de perda já tenha sido discutida teoricamente, poucos são os trabalhos que propõem métodos para mensurar as perdas de transporte visando a sua redução. Neste sentido, o estudo das perdas por transporte pode contribuir para a identificação de oportunidades de melhorias nos fluxos em canteiros de obra. O objetivo do presente trabalho consiste em propor um método para a identificação de oportunidades de melhorias nos fluxos físicos visando à redução das perdas por transporte. Como objetivos específicos têm-se: (a) estabelecer uma taxonomia dos fluxos na construção e das perdas por transporte; (b) identificar indicadores e ferramentas para mensurar os fluxos físicos com foco na redução das perdas por transporte e (c) identificar e propor melhorias nos fluxos físicos de processos construtivos com foco na redução das perdas por transporte produzidas no canteiro de obra. A pesquisa está sendo desenvolvida sob a perspectiva de Design Science Research e as principais etapas para o desenvolvimento do trabalho são: (a) revisão da literatura focada na gestão dos fluxos e nas perdas; (b) consciência do problema prático e de pesquisa, tendo sido identificada por meio de três estudos exploratórios a grande quantidade de perdas por transporte em processos construtivos nos canteiros de obra; (c) construção do artefato, a partir da proposição de um método para identificar oportunidades de melhorias nos fluxos físicos visando à redução das perdas por transporte; (d) implementação e consolidação do referido método a partir de dois estudos de casos com foco no processo de revestimento de argamassa e (e) conclusão, a partir da avaliação do método desenvolvido, destacando a sua utilidade e facilidade de uso. Os resultados preliminares deste trabalho indicaram a existência de cinco principais causas geradoras de perdas por transporte, sendo estas: acesso/mobilidade, armazenamento, equipamento, equipe e material defeituoso. Por outro lado espera-se que o método apresentado possa contribuir para a identificação de oportunidades de melhoria nos fluxos físicos nos processos construtivos, a partir da redução das perdas por transporte.