Apresentação de Seminário de Pesquisa: INTEGRAÇÃO DE IOT E BIM PARA RASTREAMENTO E GESTÃO DE RECURSOS FÍSICOS EM CANTEIROS DE OBRA: APLICAÇÃO NO SISTEMA DE PAREDES DE CONCRETO

Local:
Conference Web do PPEC

Data :
10/27/2020 - 14:00

Resumo:

O canteiro de obras é um ambiente dinâmico e complexo que envolve diferentes recursos físicos (pessoal, equipamentos e materiais) interagindo entre si durante a produção. Nos processos tradicionais de rastreamento e gerenciamento destes recursos, em geral, as informações são coletadas através de métodos manuais baseados em papel ou em baixa tecnologia, os quais apresentam baixa confiabilidade e consomem tempo e esforço humano. Tecnologias inseridas no contexto da Construção 4.0 permitem identificar, rastrear e localizar elementos no canteiro de maneira dinâmica, oferecendo suporte à substituição dos métodos convencionais e trazendo melhorias ao modelo de gestão das obras. IoT e BIM, por exemplo, são dois importantes paradigmas tecnológicos para a construção civil. A integração de IoT e BIM possibilita a criação de Gêmeos Digitais da obra, que são capazes de fornecer umarepresentação contextualizada das informações coletadas em campo. A tecnologia RFID permite operacionalizar a IoT no mundo físico, enquanto a Computação em Nuvem oferece suporte para lidar com os dados envolvidos na integração. Por outro lado, não foram identificados na literatura estudos sobre o rastreamento de recursos físicos móveis e provisórios como formas metálicas, utilizadas durante a fase de execução do sistema construtivo de paredes de concreto moldado no local. Nesse sistema construtivo, questões de qualidade muitas vezes implicam em retrabalho, atrasos, componentes ausentes, instalações incorretas, manutenções inadequadas, custos adicionais e problemas no fluxo de informações. Este trabalho tem como principal objetivo estabelecer diretrizes práticas para rastrear recursos físicos no canteiro de obras em tempo real através da integração da IoT com o BIM, visando facilitar o gerenciamento destes recursos. O objeto de estudo são as formas metálicas. A estratégia escolhida para conduzir a pesquisa foi a Design Science Research (DSR), que incluiu as seguintes etapas: (a) Conscientização, com as etapas de revisão da literatura, identificação de lacunas na literatura e investigação do problema de pesquisa e do problema prático; (b) Sugestão, com o mapeamento de processo do sistema construtivo, o diagnóstico para rastreamento das formas metálicas, a avaliação técnica das ferramentas e equipamentos necessários para a pesquisa e a construção de protótipos; (c) Desenvolvimento, com a implementação do sistema integrado para rastreamento de formas metálicas no canteiro de obras; (d) Avaliação, envolvendo a medição de desempenho do sistema integrado após a sua implementação em canteiros de obras reais, conforme os constructos estabelecidos; e (e) Conclusão, com as considerações finais sobre o estudo e a comunicação dos resultados. Como principais resultados parciais foram desenvolvidas as rotinas para criar o Gêmeo Digital da obra e o protótipo do sistema capaz de envolver o processo de coleta, armazenamento, gerenciamento e visualização dos dados em formato deaplicativo, para ser utilizado em qualquer dispositivo móvel compatível.