Apresentação de Seminário de Pesquisa: Estimativa da demanda de recursos hídricos dos cultivos sob pivôs centrais no oeste baiano pela avaliação da evapotranspiração

Local:
LABFSR

Data :
07/25/2019 - 10:20

Resumo:

A evapotranspiração (ET) é o somatório da evaporação (da água do solo e a interceptada pela vegetação) com a transpiração das plantas. É um componente essencial no balanço hídrico, sua estimativa é fundamental para o manejo da irrigação, alocação de recursos hídricos e avaliação do efeito do uso e ocupação do solo. A relação complexa entre solo-planta-atmosfera ditará a intensidade da evapotranspiração. As instrumentações (estações climatológicas, sensores, imagens de satélites/drones) presentes na agricultura digital para o monitoramento do solo-lavoura-clima têm gerado um grande volume de dados que muitas vezes são difíceis o acesso e a interpretação pelos produtores rurais. Técnicas de sensoriamento remoto têm sido aperfeiçoadas para a mensuração da evapotranspiração, que são usadas na estimativa das demandas hídricas das culturas agrícolas. São dois os objetivos gerais propostos nesse estudo, um com aplicação do SR em escala regional e outro em escala local: 1) Análise espacial e temporal das demandas hídricas dos pivôs centrais e suas correlações com o número e volume de água outorgada no oeste baiano; 2) Aplicação do SR no monitoramento biofísico e sua relação na produtividade, do eucalipto, em diferentes condições de solo e clima. Para isso, em ambas as regiões do estudo serão utilizadas os dados das estações climatológicas interligadas ao Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), assim como as estações privadas contidas na área de estudo. Também se utilizará os dados físico-químicos do solo; do manejo das culturas e das irrigações; e das produtividades coletadas pelos produtores. Essas informações serão interpretadas juntamente com os dados das respostas espectrais obtidas pelo sensoriamento remoto e proximal (drones) que fornecerão índices que representarão os status das culturas, como índice de área foliar, índice de vegetação por diferença normalizada, índice de estresse hídrico. Será aplicado a abordagem do Balanço de Energia Superficial (surfasse energy balance –RSEB) e do Coeficiente de Cultura Baseado na Refletância (reflectance-based Kcb) nas estimativas das evapotranspirações. Para o estudo na escala regional (oeste baiano) a proposta é verificar se os pivôs centrais estão regularizados (se possuem outorgas e se esse volume outorgado está compatível com as demandas hídricas), identificar regiões que possuem maiores demandas hídricas, e regiões onde há tendências de expansão nas áreas irrigadas. Já no estudo em escala local, a intensão é calibrar um modelo (equação), alimentado por dados do SR, que correlacionem o status da cultura com a produtividade esperada e com as demandas hídricas ao longo do ciclo fenológico.