Apresentação de Seminário de Pesquisa: ANÁLISE DA EXPOSIÇÃO POR CHUMBO E CÁDMIO PRESENTES EM ALIMENTOS VEGETAIS E GRAMÍNEAS NO MUNICÍPIO DE SANTO AMARO – BA CASO DO PASSIVO AMBIENTAL DA COBRAC

Local:
Sala de vídeo do DCTM

Data :
03/03/2011 - 09:00

Resumo:

Há décadas o município de Santo Amaro-BA tem sido atingido pela contaminação
remanescente causada pelo passivo ambiental da Companhia Brasileira de Chumbo
(COBRAC). Antecedentes atualizados expõem a presença de altas concentrações dos metais
pesados chumbo e cádmio no solo da área urbana e no entorno da ex fabrica o que confirmam
a persistência da contaminação na cidade. Esta condição representa um potencial risco sobre a
saúde humana devido ao cultivo de alimentos vegetais na área atingida pela contaminação os
quais são utilizados e consumidos pela população. Porém o risco sobre a saúde humana que
supõe a presença destes contaminantes no solo, não depende somente deste fator,
características próprias do solo e as interação entre os diferentes componentes do mesmo,
além da susceptibilidade individual das espécies vegetais, influenciam a ocorrência de
processos tais como a mobilidade, transferência e absorção dos contaminantes pelas plantas e
sua posterior transferência através da cadeia alimentar. O objetivo do presente trabalho é
avaliar as concentrações dos contaminantes Pb e Cd presentes em alimentos vegetais e
gramíneas cultivadas na área atingida pela contaminação de solo no Município de Santo
Amaro-BA e suas taxas de ingestão pela população. Por tanto, foram selecionadas espécies
vegetais mediante os critérios de presença, abundância e consumo potencial pela população
para a determinação da concentração dos elementos chumbo e cádmio através de
Espectrometria de Absorção Atômica por chama. Avaliou-se a contribuição dos conteúdos no
solo para as espécies vegetais mediante a determinação dos fatores de transferência solo-
planta e foram determinadas as características físico-químicas, potencial hidrogenionico (pH),
matéria orgânica (MO) e índice de plasticidade (IP) do solo da área atingida. As variáveis
anteriormente mencionadas foram avaliadas através de estatística descritiva e relacionadas
mediante a aplicação de correlações estatísticas simples e múltiplas. Os resultados obtidos
permitiram detectar a concentração de Pb especificamente em ervas e gramíneas. Não foi
detectada a presença de cádmio nos vegetais analisados. As correlações estatísticas
permitiram estabelecer relações significativas entre as concentrações de Pb presentes em
vegetais, seu respectivo conteúdo no solo e o pH. Pode se concluir que tanto o solo como os
vegetais podem estar atuando como um mecanismo de barreira na transferência dos
contaminantes de interesse para a população atingida, devido à ausência de concentrações dos
metais sob limite de detecção do método utilizado na maioria dos alimentos vegetais
avaliados, os baixos fatores de transferência solo planta estimados e as relações estatísticas
estabelecidas entre as variáveis de estudo.