Apresentação de Projeto de Pesquisa: PARÂMETROS DE EMISSÃO DO MATERIAL PARTICULADO PROVENIENTE DOS CANTEIROS DE OBRA HABITACIONAL

Local:
Sala de Aula do MEAU

Data :
01/31/2014 - 09:00

Resumo:

A indústria da construção civil é uma das principais causadoras de impactos no meio ambiente, desde a extração de recursos materiais até a fase de conclusão de uma obra. Um dos impactos gerados que merece atenção especial dos pesquisadores é a poluição do ar por emissão de material particulado, devido aos impactos e incômodos causados tanto na saúde do trabalhador, quanto na vizinhança da obra e no meio ambiente.

Entretanto poucos são os estudos específicos que identificam e quantificam as poeiras existentes nesses ambientes, bem como não existem parâmetros e limites nacionais para este tipo de emissão. A legislação brasileira não estabelece padrões de qualidade do ar levando em consideração a fonte geradora canteiro de obra, nem tão pouco a composição química dos materiais gerados, só leva em consideração a concentração em termos de massa o que pode representar um risco potencial tóxico significante.

O presente trabalho tem como objetivo identificar, avaliar, caracterizar e quantificar a concentração do material particulado proveniente dos canteiros de obra, além de propor medidas mitigatórias para reduzir os seus impactos, de modo a garantir a qualidade do ar e do meio ambiente, do ambiente do trabalho, minimizando os incômodos e os impactos que possam ser gerados.

Esta pesquisa tem por base a metodologia e os resultados apresentados no projeto de pesquisa de ARAUJO (2013).  Será desenvolvido um estudo experimental em três canteiros de obra habitacionais que não utilizam boas práticas para reduzir as emissões e impactos na vizinhança da obra. O estudo será realizado em uma fase específica da obra, seja a que se caracterizou, no estudo de ARAÚJO (2013) como a maior emissora de material particulado e que causa maiores impactos / incômodos à vizinhança da obra.  Após a primeira fase do estudo, será realizada uma nova medição do material particulado, desta vez em um dos canteiros estudados utilizando as boas práticas para minimizar as emissões. Desta forma pretende-se realizar uma análise comparativa nos níveis de emissão destes canteiros que são diferenciados pelo uso de práticas para redução das emissões.

Com este estudo pretende-se obter informações sobre os níveis de emissões de material particulado nos canteiros de obra de empreendimentos habitacionais, na fase de maior emissão de material particulado, permitindo criar base de dados sobre os níveis de emissão, bem como criar ações tecnológicas e gerenciais para atenuação ou eliminação dos riscos presentes na vizinhança dos canteiros, além de estabelecer parâmetros e índices que possam ajudar na avaliação ambiental de canteiros de obra.