Apresentação de Projeto de Pesquisa: O USO DE SISTEMAS DE VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANTs) COMO PLATAFORMA PARA LEVANTAMENTO CADASTRAL TERRITORIAL.

Local:
Sala MEAU, oitavo andar

Data :
12/22/2014 - 14:30

Resumo:

O estudo centra-se na realização de estudos sobre Veículos Aéreos não Tripulados (VANTs) e suas aplicações no cadastro territorial no Brasil. O Brasil é o quinto maior país do mundo em área, com cerca de 8.515.000 km², o maior país do Hemisfério Sul e na América Latina. Embora a maior parte de sua população já vive em cidades, seu território é considerado principalmente rural, e as propriedades ainda têm informações de registro muito imprecisas, ou nem sequer têm registro oficial adequada de todos seus imóveis. Diante da extensão da realidade cadastral brasileira, observa-se que existe a necessidade de consolidação de novas técnicas de levantamento cadastral com melhores custos-benefícios, para auxiliar na resolução deste problema;  neste sentido, os veículos aéreos não tripulados (VANTs) são atualmente um dos assuntos mais discutidos na área do sensoriamento remoto, são tratados como uma alternativa para a fotogrametria clássica, sendo expostos como complementar ou alternativo, a métodos diretos de levantamentos cadastrais, devido ao seu baixo custo, flexibilidade, disponibilidade e eficiência para o trabalho, suas aplicações principais estão em: segurança civil, de fronteiras, guarda costeiras, repostas ao desastre, resgate de emergência, monitoramento e controle de áreas susceptíveis a desastres, planejamento de infraestrutura de rede elétrica ou energia eólica, Petróleo e Gás, rede metro viária e ferroviária, como também monitoramento desta redes, agricultura de precisão, monitoramento do clima, poluição, desmatamento, movimento sísmico, e aplicações cadastrais objetivo principal de estudo deste trabalho. O objetivo geral deste estudo é a elaboração e validação fluxo de trabalho usando VANTs como uma plataforma para levantamentos cadastrais territoriais, especificando suas vantagens e limitações em relação à fotogrametria clássica. Investigando também nas aplicações reais feitas em campo, a precisão, a resolução dos produtos fotogramétricos obtidos como: modelos digitais de superfícies, ortofotos e texturas de modelos 3D. Será realizada uma revisão bibliográfica para conhecer especificidades, evolução e tendências dos VANT, e quais são os principais problemas do Cadastro territorial no Brasil. No estudo será validada a aplicação da metodologia, comparado os dados obtidos com métodos de levantamentos direto como o GNSS; fornecendo uma metodologia com uso de VANT aplicada a cadastro territorial; destacando as vantagens e identificando as limitações no uso de VANTs como plataforma de levantamentos cadastrais. O trabalho proposto permite a combinação de escritório e trabalho de campo, discutindo novas perspectivas acerca da temática, auxiliando em possíveis adequações nas leis brasileiras para utilização de VANTs no Cadastro Territorial.