Apresentação de Projeto de Pesquisa: A MOBILIDADE URBANA NA ERA DIGITAL

Local:
Sala de 08.01

Data :
02/25/2011 - 16:30

Resumo:

O advento de novas tecnologias ao longo da história engendrou transformações na sociedade e no território distribuindo impactos e promovendo mudanças na vida cotidiana. Historicamente os deslocamentos de pessoas e mercadorias sofreram transformações, oriundas da evolução tecnológica dos meios de transporte, por modos cada vez mais rápidos e eficientes, visando conectar lugares distantes. Em contrapartida, os efeitos negativos deste processo conduziram a um cenário de degradação sócio-econômica e ambiental e a uma atual busca pela sustentabilidade.

 O mundo atual traz como marca indelével a emergência das tecnologias da informação e comunicação – TIC, e a progressiva virtualização da vida quotidiana decorre como fenômeno característico deste período. A cidade contemporânea sofre o efeito dessa revolução digital, a qual impacta na sua organização espacial e dinâmica remodelando-a em distintas esferas.

 A importância adquirida pelas TIC na contemporaneidade e as repercussões que enseja torna-se objeto de análise abarcado por profissionais de diferentes áreas. Assim, abundam reflexões acerca do potencial desta ferramenta, na política, comércio, educação, inclusão social, dentre outras.

 Face a um cenário em que, para grande número de serviços e atividades não é mais preciso deslocar-se fisicamente, faz-se necessário refletir acerca do impacto causado pelas TIC na mobilidade urbana, bem como a sua utilização enquanto potencial instrumento dirigido para a promoção de sustentabilidade mediante redução de viagens, congestionamentos, mudanças nos padrões de viagens, eficiência no uso do tempo e energética. Nesse sentido, diversas estratégias de mobilidade sustentável consideram diretrizes que articulam a virtualização ao gerenciamento da mobilidade (via incentivo ao teletrabalho e outros). Reside aí o escopo deste projeto que é analisar a influência e transformações produzidas na mobilidade urbana resultantes da revolução digital, refletindo sobre as possibilidades e eventuais desafios colocados pelo uso das TIC’s na gestão da mobilidade nas cidades brasileiras.