Apresentação de Projeto de Pesquisa: MEDIÇÃO DAS PERDAS EM CANTEIROS DE OBRA VISANDO A MELHORIA DOS FLUXOS FÍSICOS

Local:
Sala de Aula do MEAU

Data :
01/23/2014 - 11:00

Resumo:

A adaptação dos conceitos da filosofia da Produção Enxuta na construção ainda é um grande desafio. Um dos conceitos fundamentais dessa teoria é a minimização e se for possível a eliminação das perdas.  No Sistema Toyota de Produção desenvolvido por Ohno, aparece por primeira vez à classificação das perdas em sete subdivisões. Muitos autores tem proposto a adição de novas categorias a essas lista. Este trabalho se baseia na operacionalidade do fluxo de trabalho, como ferramenta para mensuração das perdas propostas por Ohno e de outras perdas propostas por outros autores. O presente trabalho pretende contribuir na revisão bibliográfica e na construção de uma estrutura para a mensuração das perdas produzidas no canteiro de obra, por meio  do estudo e controle dos fluxos físicos e sua integração com os sistemas de Planejamento a Curto e a Médio Prazo. A principal finalidade da identificação dessas perdas é relacionar-las com as atividades dos sistemas de planejamento a Curto Prazo e Médio Prazo onde tiveram origem e identificar as restrições que não foram abolidas e provocaram as referidas perdas.