Apresentação de Projeto de Pesquisa: INFLUÊNCIA DA ADIÇÃO DO RESÍDUO PROVENIENTE DO CORTE DE MÁRMORE E GRANITO (RGCM) NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO

Local:
Sala de Reuniões - DCE - 5º andar Poli

Data :
12/19/2012 - 10:30

Resumo:

A construção civil é o principal consumidor de recursos naturais do planeta e entre os maiores desafios está em conciliar esta demanda com o desenvolvimento sustentável. Portanto, a utilização de matérias-primas alternativas é uma solução considerável, podendo resultar em vantagens do ponto de vista técnico-econômico e ambiental. Um exemplo disso é o resíduo proveniente do corte de mármore granito (RCMG) gerado pelas indústrias de processamento de rochas ornamentais para a utilização na construção civil. A indústria de rochas ornamentais possui grande importância econômica para o Brasil, sendo o quinto maior produtor mundial e movimentando cerca de 8 milhões de toneladas ao ano. No processo de serragem das rochas para transformá-las em placas é produzida uma lama composta por resíduos em pó, água, lâminas e granalhas dos próprios teares. Na maioria dos casos, o resíduo produzido é descartado ou destinado em aterros sem nenhum tratamento prévio. Este projeto visa estudar a viabilidade técnica do uso do resíduo de corte de mármore e granito (RCMG) como adição às argamassas de cimento Portland. Tal medida, além de reduzir os impactos ambientais relacionados à destinação inadequada dos resíduos, minimiza a extração de matéria-prima natural, o consumo de energia, além de ser um excelente aditivo às matrizes cimentíceas. Serão adicionados teores de 5% 10% e 15% de RCMG às argamassas, que serão analisadas quanto às suas características nos estados fluido, endurecido e aplicado. Assim, espera-se identificar o teor ótimo de incorporação do resíduo às argamassas e, se possível, transferir esta tecnologia ao setor construtivo.

Palavras-chave: Argamassa, estado aplicado, resíduo de corte de mármore e granito, desempenho, propriedades.