Apresentação de Projeto de Pesquisa: ESTUDO DA DEGRADAÇÃO DE FACHADAS DAS EDIFICAÇÕES HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL DA CIDADE DE SALVADOR/BA

Local:
SALA DO PPEC

Data :
02/23/2018 - 15:00

Resumo:

A criação da norma de desempenho trouxe a necessidade de se estabelecer parâmetros que possam ser aferidos, a fim de identificar o comportamento em uso dos componentes e sistemas das edificações. Pensando nas Habitações Populares de Interesse Social, a Portaria nº 269 de março de 2017, atualizou a Lei nº 11.977, que dispõe sobre as diretrizes e especificações mínimas urbanísticas dos empreendimentos habitacionais de cunho social, destacando a necessidade de se atender aos requisitos prescritos pela norma de desempenho também nestas edificações. A NBR 15.575 – Norma de Desempenho, enfatiza a obrigação dos edifícios em atender as exigências de seus usuários ao longo dos anos. O cumprimento da vida útil dos sistemas que compõe uma edificação está intimamente ligado a capacidade que estes possuem em resistir às influências ambientais, tendo a velocidade de degradação de um dado material, relação estreita com as condições de exposição que o mesmo está submetido. A fachada, elemento constantemente exposto as ações do intemperismo, apresenta elevadas chances de desenvolver manifestações patológicas. A previsão da durabilidade e vida útil dos sistemas de fachada das edificações, através dos modelos de degradação, pode representar, de maneira confiável, o seu comportamento ao longo dos anos. É importante destacar, no entanto, que o surgimento das anomalias em fachadas pode estar relacionado a um ou mais fatores, que combinados, contribuem para a formação e agravamento dos danos. Desta forma, o presente estudo pretende avaliar o nível de degradação das fachadas de edificações habitacionais de Interesse Social, com idades e condições de exposição diferentes, localizadas na cidade de Salvador/Ba. Este trabalho busca perceber a relação que os fatores analisados têm, em influenciar a ocorrência e evolução dos danos nas fachadas, nos casos das Habitações Populares, contribuindo assim, com os estudos de previsão da vida útil dos elementos e sistemas de uma edificação.