Apresentação de Projeto de Pesquisa: Durabilidade de fibras vegetais em matrizes álcali-ativadas

Local:
Através de webconferência

Data :
12/04/2020 - 10:00

Resumo:

Os ligantes álcali-ativados (LAA) são materiais baseados em precursores constituídos majoritariamente por sílica, alumina e/ou cálcio, ativados por uma fonte alcalina. Estes ligantes apresentam propriedades mecânicas equivalentes ao cimento Portland comum (CPC), entretanto, o comportamento frágil das matrizes cerâmicas demanda o uso de reforços capazes de torná-los adequados às aplicações que envolvam cargas dinâmicas ou de tração. As fibras vegetais (FV) possuem o potencial de aprimorar as propriedades mecânicas dos materiais de construção frágeis, como argamassas e concretos, atuando especialmente para melhorar a tenacidade e a resistência pós-fissuração. É consolidado que as fibras vegetais podem ser degradadas em matrizes a base de CPC por meio dos mecanismos de hidrolise alcalina e/ou mineralização e que esses mecanismos de degradação podem ser mitigados por tratamentos diretos e indiretos nas fibras. Contudo, os produtos das reações de álcali-ativação são distintos dos produtos de hidratação das matrizes a base de CPC, por esse motivo, pouco se sabe sobre a durabilidade das FV quando usadas como elementos de tenacificação em LAA. Nesse sentido, este trabalho objetiva, determinar os mecanismos de degradação das fibras vegetais em LAA, estabelecer a efetividade dos métodos consolidados de proteção das fibras vegetais, quando inseridas em LAA e avaliar a influência dos parâmetros de dosagem dos LAA na degradação das fibras vegetais. Para alcançar os objetivos propostos, será empregado o Delineamento Estatístico de Experimentos com Misturas alinhado com ensaios físicos, químicos, mecânicos e mineralógicos, delimitando a interação matriz/fibra e determinado os possíveis mecanismos de degradação. Ademais, serão realizados ensaios de envelhecimento acelerado e natural em distintas regiões do Brasil, para que possa ser analisada a influência das condições ambientais na interação entre os LAA e as FV.