Apresentação de Projeto de Pesquisa: AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE CISTERNAS PARA CAPTAÇÃO DE ÁGUA DE CHUVA EM COMUNIDADES RURAIS DO MUNICÍPIO DE SÃO DOMINGOS, REGIÃO DO SEMIÁRIDO DA BAHIA.

Local:
Sala de Reunião do Departamento de Engenharia Ambiental, 4º Andar

Data :
12/15/2015 - 09:00

Resumo:

As comunidades rurais do Semiárido baiano enfrentam deficiências crônicas de abastecimento de água sendo necessárias adaptações organizacionais e estruturais para amenizar os problemas causados pelos períodos de longa estiagem. Como regra geral, as comunidades rurais localizadas no semiárido não são servidas por sistemas de adutoras, nem estão próximas a fontes seguras de água, tornado o atendimento a essas comunidades uma tarefa bastante complexa. Para o semiárido brasileiro, organizações como a ASA (Articulação no Semiárido) em parceria com organizações comunitárias, ONG's (Organizações nãogovernamentais) e instituições públicas e privadas desenvolveram projetos de ação denominado Programa Um Milhão de Cisternas (P1MC) cujo intuito foi contribuir para a convivência da população do semiárido com a seca (ASA, 2009). O problema de pesquisa refere-se ao atendimento das comunidades rurais do semiárido baiano com relação a água para consumo humano. O problema está apresentado em dois níveis. Primeiramente, a solução proposta para o problema tem sido a construção de equipamentos como cisternas, para fazer frente a falta crônica de água para abastecimento humano como consequência da situação climática na região. Em seguida, refere-se ao funcionamento desses equipamentos, que é marcado por desempenho insatisfatório decorrente de vários fatores, tais como o mal funcionamento da estrutura e a má utilização do sistema, obrigando muitas vezes a população a regredir para a situação de extrema escassez anterior. Ou seja, o problema é água em quantidade insuficiente e água de qualidade duvidosa como consequência do funcionamento precário dos equipamentos