Apresentação de Projeto de Pesquisa: ANÁLISE DO USO DO BAMBU EM SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS DE INTERESSE SOCIAL COMO BASE PARA PROPOSTA DE SUA APLICAÇÃO EM UM ASSENTAMENTO RURAL NO ESTADO DA BAHIA

Local:
Escola Politécnica da UFBA

Data :
12/22/2010 - 00:00

Resumo:

A questão que envolve a deficiência habitacional no Brasil e a falta de programas que empreguem materiais alternativos, econômicos e sustentáveis destinados às soluções construtivas de interesse social pelo estado  se transformaram em desafio para aqueles que se dedicam a pesquisa neste campo e para os gestores públicos interessados na resolução deste problema . Com o surgimento do pensamento voltado para o emprego de materiais renováveis, que não necessitem do emprego de grande quantidade de energia na sua elaboração, que não comprometam o equilíbrio ambiental ao serem extraídos de suas fontes, o bambu vem sendo muito estudado, divulgado, empregado em projetos e principalmente indicado para construção civil de baixo custo. Este projeto pretende enfatizar a necessidade de se promover o uso do bambu das espécies lenhosas para a sua utilização na construção civil, em especial pela iniciativa pública do Brasil e na possibilidade do emprego deste material por técnicos das empresas estatais em suas obras como elemento estrutural constituinte de várias etapas da construção e principalmente na sua utilização como componente da estrutura de construções que visem o seu emprego em soluções construtivas de interesse social. Diante da existência de barreiras técnicas e administrativas para a efetivação dessas ações e visando promover tal movimento, este trabalho apresenta um panorama mundial do emprego do bambu por iniciativa pública  em outros países, principalmente em edificações populares e através da análise das propostas no exterior, observando vantagens e limitações técnicas e econômicas, propõe um programa de implementação de toda a cadeia produtiva do bambu, visando principalmente a sua aplicação em soluções construtivas em um assentamento rural no estado da Bahia.