Josmar Oliveira Valadares

T√≠tulo: 
Mestre
Informa√ß√Ķes Espec√≠ficas do Aluno
Ano: 
2012
Orientador: 
Situa√ß√£o: 
Defesa homologada
Bolsa
Institui√ß√£o: 
Vig√™ncia: 
03/2012 - 02/2014
Informa√ß√Ķes Espec√≠ficas do Professor
Categoria: 
Colaborador

 

A Floresta Ombrófila Densa uma das formações florestais do bioma Mata Atlântica,
dentre os seis biomas brasileiros, é o mais mapeado, por causa da sua relevância
ambiental e descaracterização sofrida ao longo dos anos. Trata-se do bioma
brasileiro com menor porcentagem de cobertura vegetal natural. Apesar disso, a
Mata Atlântica ainda possui uma importante parcela da diversidade biológica do
país. Programas nacionais de monitoramento por satélites revelam em seus
relatórios a dificuldade na determinação de classes próximas a da Floresta Ombrófila
Densa como é o caso da distinção das áreas de plantio em sub-bosque. No estado
da Bahia este tipo de plantio é utilizado para o cultivo do cacau na chamada
formação cacau-cabruca. A cabruca é um sistema agroflorestal baseado no plantio
de sub-bosque para aproveitamento da sombra de cobertura florestal original, para o
crescimento do cacaueiro. Deste modo, ficam presente na cabruca remanescentes
arbóreos de grande porte da floresta original. Uma parte da cobertura original é
preservada por isso existe grande confusão no processo de classificação baseado
no pixel que tenta diferir cabruca de floresta ombrófila densa, principalmente por
técnicas de sensoriamento remoto por imagens de média resolução, pois as áreas
de cultivo de cacau-cabruca acabam herdando características espectrais da Floresta
Ombrófila Densa. O objetivo desta pesquisa foi elaborar um método de classificação
especialista de imagens de sensoriamento remoto para o mapeamento das áreas de
cabruca. O método consiste na utilização de dados de diferentes fontes: altimetria,
relação de proximidade com elementos da paisagem e no seu relacionamento com
filtragens de co-ocorrencia e reamostragem estatística. Da análise exploratória
empregada sobre os resultados das filtragens obteve-se dados que melhoraram o
resultado da classificação estatística tradicionalmente adotada em diferentes fontes.
E esses resultados foram concatenados em um modelo único gerando um
classificador hibrido. Os resultados indicam um aumento no índice Kappa maior que
20%, utilizando os filtros de co-ocorrencia, informações e bandas adicionais. Por fim,
os resultados dos experimentos mostram que a inclusão da base de regras
elaborada pelo especialista e sendo ajustada por um procedimento de treinamento
automático são capazes de fornecer ganhos sensíveis nas taxas globais de acerto,
tanto de métodos estatísticos de classificação quanto métodos geométricos como o
de fatiamento.

 

A Floresta Ombrófila Densa uma das formações florestais do bioma Mata Atlântica,

dentre os seis biomas brasileiros, é o mais mapeado, por causa da sua relevância

ambiental e descaracterização sofrida ao longo dos anos. Trata-se do bioma

brasileiro com menor porcentagem de cobertura vegetal natural. Apesar disso, a

Mata Atlântica ainda possui uma importante parcela da diversidade biológica do

país. Programas nacionais de monitoramento por satélites revelam em seus

relatórios a dificuldade na determinação de classes próximas a da Floresta Ombrófila

Densa como é o caso da distinção das áreas de plantio em sub-bosque. No estado

da Bahia este tipo de plantio é utilizado para o cultivo do cacau na chamada

formação cacau-cabruca. A cabruca é um sistema agroflorestal baseado no plantio

de sub-bosque para aproveitamento da sombra de cobertura florestal original, para o

crescimento do cacaueiro. Deste modo, ficam presente na cabruca remanescentes

arbóreos de grande porte da floresta original. Uma parte da cobertura original é

preservada por isso existe grande confusão no processo de classificação baseado

no pixel que tenta diferir cabruca de floresta ombrófila densa, principalmente por

técnicas de sensoriamento remoto por imagens de média resolução, pois as áreas

de cultivo de cacau-cabruca acabam herdando características espectrais da Floresta

Ombrófila Densa. O objetivo desta pesquisa foi elaborar um método de classificação

especialista de imagens de sensoriamento remoto para o mapeamento das áreas de

cabruca. O método consiste na utilização de dados de diferentes fontes: altimetria,

relação de proximidade com elementos da paisagem e no seu relacionamento com

filtragens de co-ocorrencia e reamostragem estatística. Da análise exploratória

empregada sobre os resultados das filtragens obteve-se dados que melhoraram o

resultado da classificação estatística tradicionalmente adotada em diferentes fontes.

E esses resultados foram concatenados em um modelo único gerando um

classificador hibrido. Os resultados indicam um aumento no índice Kappa maior que

20%, utilizando os filtros de co-ocorrencia, informações e bandas adicionais. Por fim,

os resultados dos experimentos mostram que a inclusão da base de regras

elaborada pelo especialista e sendo ajustada por um procedimento de treinamento

automático são capazes de fornecer ganhos sensíveis nas taxas globais de acerto,

tanto de métodos estatísticos de classificação quanto métodos geométricos como o

de fatiamento.