Técnica de vaporização para obter curvas de retenção água-ar e napl-ar

Ano:
2011
Palavras chave:
Resumo:

Este trabalho apresenta procedimentos experimentais para obtenção das curvas de retenção água-ar e NAPL-ar, ramo da drenagem, em areia, utilizando o método da vaporização. Dois procedimentos de vaporização foram utilizados: gradual e contínuo. Para as medidas da sucção da água, utilizaram-se tensiômetros com transdutor de pressão de 0 – 100 kPa, e ponta porosa em cerâmica, com valor de entrada de ar de 100 kPa. As medidas de sucção do NAPL foram realizadas utilizando tensiômetros cuja ponta porosa foi tornada hidrofóbica, mediante silanização. Os resultados obtidos com as duas técnicas de vaporização foram satisfatórios para o sistema água-ar. O método contínuo apresentou menor tempo de execução para o sistema água-ar; entretanto, para o sistema diesel-ar, devido a sua baixa pressão de vapor, o método não foi efetivo. A vaporização gradual do diesel foi lenta, porém, alcançou vaporização máxima de 50% mediante aquecimento. A comparação das curvas de retenção água-ar e diesel-ar utilizando o fator de normalização da Lei de Young para capilaridade, não apresentou similaridade entre as curvas normalizadas, indicando ser necessário estudo mais detalhado da variação da tensão superficial do diesel utilizado no Brasil, à medida que o líquido perde frações voláteis.