INTERFERÊNCIAS DA LOCALIZAÇÃO NA PRODUÇÃO DAS USINAS DE RECICLAGEM DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Ano:
2010
Palavras chave:
Resíduo da construção civil; Usina de reciclagem de construção e demolição;
Resumo:

A produção de agregado reciclado em usinas de reciclagem de Resíduo da Construção Civil (RCC) requer oordenamento das atividades produtivas de modo a obter-se um produto mais sustentável, com boa qualidade,previsibilidade de comportamento e empregabilidade na construção civil. Neste artigo analisam-se as usinasde recicalgem de RCC, implantadas na região nordeste do Brasil, quanto a localização e área total das usinasem relação a sua capacidade produtiva. O objetivo é avaliar as diretrizes técnicas que determinaram alocalização, as áreas totais das usinas, bem como sua influência nas alterações da qualidade do agregadoreciclado produzido. Foram feitas visitas as quatro usinas de reciclagem de RCC em funcionamento. Olevantamento dos dados teve por base entrevistas para preenchimento de questionário, a observação visual dofuncionamento das usinas, a construção do fluxo da produção do agregado reciclado e levantamentofotográfico. As usinas de reciclagem foram previamente identificadas como A, B, C e D a partir de sorteioaleatório. Os estados visitados foram Maranhão, Ceará, Paraíba e Pernambuco e as considerações feitasindicam que as áreas utilizadas para implantação das usinas são desfavoráveis a produção pela não previsão daexpansão da produção, pela não separação da matéria prima por tipo de obra geradora, contribuindo para aredução da qualidade do agregado reciclado produzido. Constatou-se que nas usinas implantadas não foramobedecidos parâmetros para determinação da área total de produção e as condições para escolha da localizaçãovariam significativamente a depender do agente financiador do empreendimento (público ou privado).