ESTUDO QUANTITATIVO DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO NO OESTE DA BAHIA

Ano:
2010
Palavras chave:
Preservação; Geoprocessamento; Ipa;
Resumo:

A intensa exploração predatória dos recursos naturais e seus consequentes efeitos negativos para a vida da populaçãomundial têm despertado uma maior consciência ambiental nos habitantes da Terra. A supressão da cobertura vegetalpelas atividades agropecuárias é um sério problema que afeta diretamente o ciclo hidrológico. Visando frear tal práticacriaram-se no Brasil as Áreas de Preservação Permanente (APP). Esse trabalho discute os instrumentos legais que tratamdo assunto e por meio de um indicador ambiental apresenta o montante superficial de matas e/ou florestas destinadas àpreservação permanente ou reserva legal no oeste da Bahia. Os resultados são expostos em um mapa gerado com auxílio das ferramentas do Geoprocessamento.