Análise Espacial através do estimador de intensidade Kernel para as áreas sujeitas a riscos hidrológicos no município de Salvador-BA

Ano:
2011
Palavras chave:
Resumo:

Este trabalho apresenta um estudo da aplicação de análise espacial através do estimador de intensidade Kernel para representação e avaliação das áreas sujeitas a riscos hidrológicos no município de Salvador (Bahia-Brasil). Tal município é marcado por sérios problemas ambientais decorrentes da ausência ou falha nos planejamentos urbanos, no controle da ocupação do solo e na implantação de infra-estrutura adequada, onde se vem observando a ampliação de ambientes altamente degradados e de riscos para a qualidade de vida da população. O estudo tem como objetivo central analisar espacialmente as áreas em situação mais crítica a riscos hidrológicos em Salvador que, por consequência, estão merecendo maior atenção do poder público e dos órgãos de planejamento. Para isso esse estudo iniciou-se com a realização de um inventário das ocorrências de inundações e alagamentos registradas nas notícias de jornais do município entre os anos de 1997 e 2010. Seguidamente, elaborou-se um banco com os dados alfanuméricos e, a partir da definição das coordenadas espaciais desses dados, foi possível conhecer a distribuição desses eventos no espaço geográfico e avaliá-los, predominantemente, em ambiente SIG. O estimador Kernel foi utilizado com o objetivo de gerar uma grade em que cada célula representa o valor estimado da densidade de probabilidade de ocorrência de inundações ou alagamentos. Dessa forma, a análise espacial, permitiu a composição de um mapa temático para visualização das concentrações das áreas sujeitas a riscos hidrológicos no município nesses últimos 13 anos.